RELATÓRIO PRÉ-CORRIDA DE DAYTONA SUPERCROSS 2022 // SPEEDWAY SUPERCROSS ESTÁ DE VOLTA (ATUALIZADO)

RELATÓRIO PRÉ-CORRIDA DE DAYTONA SUPERCROSS 2022 // SPEEDWAY SUPERCROSS ESTÁ DE VOLTA

A nona rodada do Monster Energy Supercross 2022 chegou e traz uma das rodadas mais emocionantes de todas as temporadas - Daytona. O Daytona International Speedway hospeda uma das rodadas mais intensas da temporada de Supercross, já que a pista é normalmente duas vezes mais longa que a pista normal de Supercross, com algumas seções de ritmo inspiradas em motos e retas rápidas. No campeonato, Eli Tomac ainda reina supremo na liderança de pontos entre as 450, enquanto está empatado entre Cameron McAdoo e Jett Lawrence nas 250.

Role para baixo para saber tudo o que você precisa saber sobre a próxima nona rodada da temporada Monster Energy Supercross.

2022 DAYTONA SUPERCROSS | COBERTURA TOTAL


2022 DAYTONA TRACK MAP // STRAIGHT RHYTHM 2.0?

Projetado por Ricky Carmichael, o design da pista Daytona deste ano é rápido, apresenta muito ritmo e tem sua seção de areia maciça clássica.


CALENDÁRIO DE TV E STREAMING DE DAYTONA SUPERCROSS 2022:

Com o fim da NBC Sports em 2022, os fãs americanos do Supercross precisarão fazer malabarismos entre três canais para assistir ao Supercross - canal CNBC, canal NBC e USA Network. Esses canais vão sediar 16 das 17 corridas na TV AO VIVO. A corrida deste fim de semana será transmitida no Peacock e na CNBC.

Serviço de streaming premium Peacock custa $ 4.99 por mês e oferece cobertura AO VIVO das sessões de qualificação diurnas em cada Rodada e cobertura AO VIVO de cada corrida de Supercross. Os fãs internacionais de Supercross podem assistir usando o Serviço de streaming Supercross Video Pass que custa $ 129.95 para uma assinatura de um ano.

Daytona: Show de qualificação – 11:00 AM (pacífico) – Peacock Premium

Daytona: show noturno – 4h30 (pacífico) – Peacock Premium & CNBC Channel

FAÇA UMA VOLTA ANIMADA DA PISTA SUPERCROSS DAYTONA DE SÁBADO

CALENDÁRIO DO SUPERCROSS DAYTONA:

PRÁTICA E QUALIFICAÇÃO

1h35 – 1h45 EST 250SX Grupo C Qualificação
1h50 – 2h00 EST 250SX Grupo B Qualificação
2h05 – 2h15 EST 250SX Grupo A Qualificação
2h20 – 2h30 EST 450SX Grupo A Qualificação
2h35 – 2h45 EST 450SX Grupo B Qualificação
2h50 – 3h00 EST 450SX Grupo C Qualificação

3h50 – 4h00 EST 250SX Grupo C Qualificação
4h05 – 4h15 EST 250SX Grupo B Qualificação
4h20 – 4h30 EST 250SX Grupo A Qualificação
4h35 – 4h45 EST 450SX Grupo A Qualificação
4h50 – 5h00 EST 450SX Grupo B Qualificação
5h05 – 5h15 EST 450SX Grupo C Qualificação

SHOW NOITE

7h36 – 7h44 EST 250SX Heat #1
7h50 – 7h58 EST 250SX Heat #2
8h04 – 8h12 EST 450SX Heat #1
8h18 – 8h26 EST 450SX Heat #2

8h50 – 8h57 EST 250SX Last Chance Qualifier
9h02 – 9h09 EST 450SX Last Chance Qualifier

9h24 – 9h41 EST 250SX Main Event
9h59 – 10h21 EST 450SX Main Event


LISTA DE LESÕES:

JEREMY MARTIN | OMBRO FERIDO

Jeremy Martin sofreu um acidente nos treinos na quarta-feira e machucou o ombro e não vai correr em Daytona. Com Martin e Kitchen feridos, a Star Racing Yamaha não colocará uma equipe de 250 no Daytona Supercross.

LEVI COZINHA | TÍBIA E JOELHO QUEBRADOS

Levi Kitchen, se machucou na segunda rodada no Texas e está se recuperando de uma fratura na tíbia e uma rótula quebrada. Levi Cozinha postou: “Só quero dar a vocês uma atualização. Eu não vou fazer as corridas neste fim de semana. Pequena fratura na parte superior da minha tíbia e uma rótula quebrada. Não tenho certeza de quando estarei de volta, mas farei tudo o que puder para correr novamente em breve. Muito chateado, considerando que sinto que não consegui mostrar do que realmente era capaz, mas sempre há mais corridas pela frente. Obrigado a todos pelo apoio."

AARON PLESSINGER | BRAÇO QUEBRADO

Infelizmente, a temporada de Supercross de Aaron Plessinger parou depois de quebrar o braço em um acidente nos treinos. Leia mais aqui.

GARFO AUSTIN | CLAVÍCULA QUEBRADA

O que podemos dizer, estamos arrasados ​​por Austin Forkner. No Arlington Supercross, tanto Jett quanto Austin estavam correndo quando Jett agarrou o bloco difícil na linha de chegada, resultando na colisão dos dois no ar. Os dois caíram, mas Jett seria o único a se afastar. Austin teve uma clavícula quebrada que ele já tinha placas e parafusos. Austin disse via Instagram: “Bem, a clavícula está quebrada. mas depois de ver o quão forte eu bati, tenho sorte que não foi pior. O mesmo do ano passado quebrou ao redor da placa e através de alguns parafusos. Eu sabia que estava quebrado assim que me levantei. Eu estava com medo de fazer o post sobre isso, mas acho que aqui está. Você sabe, eu realmente estava tentando fazer mudanças este ano na minha pilotagem e minha mentalidade para ficar bem em não ser o cara mais rápido em todas as corridas, ou me contentar com um 3º ou 5º às vezes, então eu estaria em todas as corridas e faria isso até o final da temporada. E se isso me deixou com um campeonato, ótimo, mas se não, que assim seja. Mas é por isso que esse esporte é tão difícil, porque às vezes nada disso importa e as coisas simplesmente acontecem. De qualquer forma, é o que é. Eu realmente aprecio todo o apoio de todos, isso significa muito. Eu voltarei."

JETT REYNOLDS | MÃO FRATURADA

Jett Reynolds disse via Instagram: “ATUALIZAÇÃO do último fim de semana…. Eu estava empolgado para fazer minha estreia no Supercross em Minneapolis, com um acidente infeliz no dia da imprensa resultou em uma mão fraturada que exigiu cirurgia, estou bem e me recuperando bem agora. Decepcionado, foi assim que começou, mas o que está feito está feito e estamos seguindo em frente sem olhar para trás, vamos nos reagrupar, curar e nos recuperar fortes ”

MAX VOHLAND | COLAR/HEMATOMA


Max Vohland disse via instagram: “Peço desculpas pela atualização tardia, queria obter todas as informações antes de postar: Boas notícias não são quebradas; A ressonância magnética mostra um hematoma maciço no ombro direito e algumas pequenas rachaduras na minha clavícula. Na terapia funcionando, mas parece que vamos sentir saudades nesse final de semana. Voltarei a correr o mais rápido possível.”

ADAM CIANCIARULO | JOELHO

Adam Cianciarulo já corria com uma lesão no ombro e agora caiu com uma lesão no joelho, mas acabou sendo um ótimo locutor de pista para a cobertura da TV. Clique aqui para ler mais

JOEY SAVATGY | JOELHO 

Joey Savatgy rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito durante os treinos de terça-feira após o Anaheim 1. Ele correu devido à lesão em Oakland e terminou em 11º, mas um acidente na primeira curva em sua corrida Heat em San Diego terminou sua noite e temporada mais cedo. Joey postou no instagram: "Nós vamos. Eu tentei, eu amo tanto esse trabalho e às vezes é cruel. Tentar correr e não estar perto dos 100% não é o ideal, especialmente nesta classe. Ontem foi difícil, com uma pista cheia de destros e alguns gritos fortes, o joelho me deu tudo o que podia. Mas a queda no calor foi a gota d'água, então decidi consertar meu joelho. Quem apoia o time 17 eu aprecio mais do que você imagina, às vezes parece que você continua levando um soco na cara, mas isso vai passar. Manterei todos atualizados conforme os eventos acontecerem. Eu retornarei"

BENNY BLOSS | TORNOZELO/COLA

Benny Bloss mudou da MotoConcepts Honda para a Team Tedder KTM em 2022, mas se machucou antes da temporada. Benny passou por uma cirurgia no tornozelo e na clavícula e voltará o mais rápido possível. Josh Hill está atualmente substituindo Benny. 

JOSH HILL | QUADRIL DESLOCADO/PÉLVIS QUEBRADA

Josh Hill postou no Instagram: “Ontem (Anaheim 3) foi um desses dias. Acabei com o quadril deslocado e a bacia fraturada, mas saber que vou perder algumas corridas é o que mais dói. Tenho me divertido muito voltando a correr e trabalhando com todos do Team Tedder, e senti que estava melhorando cada vez que tocava na moto.”

JUSTIN HILL | OMBRO

Não sabemos quando Justin Hill estará de volta às corridas, espero que mais cedo ou mais tarde. 


POSIÇÃO DE 450 PONTOS (APÓS A RODADA DE 8 DE 17)

POS. # NOME Total de pontos
1 3 Eli Tomac 177
2 21 Jason Anderson 171
3 27 Malcolm Stewart 149
4 1 Cooper Webb 147
5 51 Justin Barcia 145
6 23 Chase Sexton 142
7 25 Marvin Musquin 128
8 14 Dylan Ferrandis 118
9 94 Ken Roczen 117
10 7 Aaron Plessinger 97

POSIÇÃO DE 250 PONTOS (APÓS A RODADA DE 2 DE 9)

POS. # NOME Total de pontos
1 48 Cameron Mcadoo 47
2 18 Jett Lawrence 47
3 6 Jeremy Martin 42
4 33 Austin Forkner 39
5 80 Enzo Lopes 32
6 50 Stilez Robertson 29
7 90 Jordan Smith 28
8 44 Pierce Brown 28
9 715 Phillip Nicoletti 27
10 24 Rj Hampshire 25

CADA VENCEDOR DO SUPERCROSS DE DAYTONA DESDE TEMPO IN MEMORIUM

O primeiro vencedor do Daytona Supercross foi o emigrante holandês Pierre Karsmakers.

  • 1974: Pierre Karsmakers, Yamaha
  • 1975: Jimmy Ellis, Can-Am
  • 1976: Tony DiStefano, Suzuki
  • 1977: Bob Hannah, Yamaha
  • 1978: Marty Tripes, Honda
  • 1979: Jimmy Weinert, Kawasaki
  • 1980: Rex Staten, Yamaha
  • 1981: Darrell Shultz, Suzuki
  • 1982: Darrell Shultz, Honda
  • 1983: Bob Hannah, Honda
  • 1984: David Bailey, Honda
  • 1985: Bob Hannah, Honda
  • 1986: Rick Johnson, Honda
  • 1987: Rick Ryan, Honda
  • 1988: Rick Johnson, Honda
  • 1989: Jeff Stanton, Honda
  • 1990: Jeff Stanton, Honda
  • 1991: Jeff Stanton, Honda
  • 1992: Jeff Stanton, Honda
  • 1993: Mike Kiedrowski, Kawasaki
  • 1994: Mike Kiedrowsk, Kawasaki
  • 1995: Mike Kiedrowski, Kawasaki
  • 1996: Jeremy McGrath, Honda
  • 1997: Jeff Emig, Kawasaki
  • 1998: Jeremy McGrath, Yamaha
  • 1999: Jeremy McGrath, Yamaha
  • 2000: Ricky Carmichael, Kawasaki
  • 2001: Ricky Carmichael, Kawasaki
  • 2002: Ricky Carmichael, Honda
  • 2003: Ricky Carmichael, Honda
  • 2004: Chad Reed, Yamaha
  • 2005: Chad Reed, Yamaha
  • 2006: Ricky Carmichael, Suzuki
  • 2007: James Stewart, Kawasaki
  • 2008: Kevin Windham, Honda
  • 2009: Chad Reed, Suzuki
  • 2010: Ryan Villopoto, Kawasaki
  • 2011: Ryan Villopoto, Kawasaki
  • 2012: James Stewart, Yamaha
  • 2013: Ryan Villopoto, Kawasaki
  • 2014: Ryan Villopoto, Kawasaki
  • 2015: Ryan Dungey, KTM
  • 2016: Eli Tomac, Kawasaki
  • 2017: Eli Tomac, Kawasaki
  • 2018: Justin Brayton, Honda
  • 2019: Eli Tomac, Kawasaki
  • 2020: Eli Tomac, Kawasaki
  • 2021: Eli Tomac, Kawasaki

2022 DAYTONA SUPERCROSS | COBERTURA TOTAL

Daytona Supercross 2022Dayton SupercrossPontos Daytona Supercrossestrada internacional daytonaRelatório Pré-corrida de DaytonaHorário Daytona SupercrossDaytona SXjeremy martin feridoCozinha Levisupercross de energia monstromxarelatório pré-corridaSUPERCROSSsx