GENEBRA SUPERCROSS RESULTADOS: NOITE

Marvin Musquin (25) teve o salto no bloco, mas Justin Barcia (51) o afastou do caminho. 

Por John Basher

Após as corridas de calor, parecia que Marvin Musquin se afastava do campo. O piloto da Red Bull KTM venceu sua bateria por 12-1 / 2 segundos sobre Justin Barcia. Justin Brayton parecia forte na segunda corrida de calor, vencendo por cinco segundos sobre Malcolm Stewart. No entanto, os tempos das voltas foram um sinal revelador. Musquin consistentemente pregava a seção de ritmo triplo-quádruplo-quádruplo e, pouco ortodoxo, mas eficaz, ele optou por pular pelos gritos, em vez de percorrê-los. Como resultado, ele registrou uma volta rápida mais de um segundo mais rápido que o vencedor da segunda bateria, Brayton.

A ação foi emocionante na noite de sexta-feira, com Barcia (51), Musquin (25) e Brayton (10) correndo com alta intensidade.

Os americanos perceberam Musquin, embora não empregassem algumas das técnicas que fizeram Marvin se destacar. Uma coisa que eles entenderam foi que Musquin não poderia, sob nenhuma circunstância, conseguir o tiro. Marvin, alinhado ao lado de Malcolm Stewart e Justin Barcia, teve uma boa saída da grade de metal. Ele tinha um volante em Barcia no meio do caminho direto, mas Justin mantinha o acelerador preso e pressionava o francês. O combate levou Musquin ao 11º lugar após a primeira volta, enquanto Barcia liderou Valentin Teillet, Malcolm Stewart, Khounsith Vongsana, Arnaud Tonus, Cyrille Coulon e Justin Brayton. Musquin passou pelos marcadores traseiros com precisão e subiu para o quarto lugar na quarta volta.

Musquin fez o passe em Brayton para a liderança na 12ª volta.

Foi quando as coisas ficaram interessantes. Brayton, que seguiu Barcia em segundo, correu para a liderança. O guidão bateu, foram usadas contramedidas e Barcia manteve o piloto da MotoConcepts Honda à distância. Não durou muito, no entanto. O jogo de gato e rato permitiu que Malcolm Stewart e Marvin Musquin se fechassem. Brayton liderou brevemente, mas a essa altura Musquin estava em cima dele como um terno barato. A partir desse momento, era uma conclusão precipitada. Marvin venceu com 2-1 / 2 segundos de sobra e comemorou o final com um calcanhar. Stewart e Brayton brigaram por segundo e só dependia de quem acertasse os lappers no lugar certo. Stewart conseguiu o lugar, enquanto Brayton completou o pódio. O crédito vai para Justin Barcia, que estava na mistura até que ele deslizou em um canto plano após os gritos.

A ação na arena Palexpo em Genebra, Suíça, continua amanhã à noite. Quem será coroado o rei de Genebra? Dado o desempenho desta noite, Marvin Musquin está no banco do motorista.

SUPERCROSS DE GENEBRA: RESULTADOS GERAIS DA NOITE UM


1. Marvin Musquin… KTM
2. Malcolm Stewart… Hon
3. Justin Brayton ... Exmo.
4. Justin Barcia… Suz
5. Arnaud Tonus… Inhame
6. Cyrille Coulon… Suz
7. Cedric Soubeyras… Suz
8. Valentin Teillet… Ex.
9. Thomas Ramette… Suz
10. Killian Auberson ... KTM

 

Genebra SupercrossJOHN BASHERJUSTIN BARCIAJustin BraytonMalcolm Stewartmarvin musquinrelatório de corrida